sexta-feira, 23 de junho de 2017

A última árvore

Luis Brás é, sem dúvida, a maior revelação da fc brasileira neste século. Desde o primeiro livro de contos, Paraíso líquido, que seus textos têm impressionado os leitores especializados no gênero, pelas ideias inovadoras e estilo sofisticado. Não é para menos: Luiz Bras é heterônimo de Nelson de Oliveira, escritor premiado duas vezes com o Casa de las Americas, que já tinha um excelente currículo no mainstream.
Contudo, os primeiros livros do autor já estão fora de catálogo e é difícil encontrar exemplares nos sebos. Por isso, é muito oportuna a publicação de A última árvore, nova coletânea de Luiz Brás que chega pelo site Livros-Fantasma, com edição financiada com verba do Proac, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. O livro faz parte de uma coleção de 24 volumes, mas é o único que navega nas águas do fantástico.
A última árvore não trás contos inéditos: todos já foram vistos em outras publicações, mas que estão na categoria dos livros esgotados. São oito textos: seis retirados do já citado Paraíso líquido, um do projeto Portal – coleção de antologias organizada por Brás na primeira década do século – e outro, mais recente, visto primeiro no periódico eletrônico Trasgo. E o melhor de tudo é que o livro pode ser baixado gratuitamente em formato pdf, renovando e facilitando o acesso público a alguns dos melhores contos da fc nacional recente.
Para baixar o arquivo, basta acessar o saite Livros-Fantasma, aqui. Os outros 23 livros da coleção também estão disponíveis.

Conexão Literatura 24

Está circulando o número 24 da revista eletrônica Conexão Literatura, editada por Ademir Pascale pela Fábrica de Ebooks.
A edição tem 59 páginas e destaca o trabalho de Conceição Evaristo, escritora mineira, ativista do movimento negro, autora de Insubmissas lágrimas de mulheres (2011) e Leves enganos e parecenças (2016), entre outros. A publicação traz contos de Edispon Lotério, Mirian Santiago e Jacqueline Colodo Gomes, crônicas de Misa Ferreira e Rafael Botter, e uma resenha de Ângelo Miranda ao livro Gratidão, de Oliver Sacks. Ainda aparecem entrevistas com os escritores Mariane Alves (Poetizando a rotina), Nicolas Silveira (Carcará-Man), Marcos DeBrito (Escravo de Capela), Aislan Coulter (Twittando com o vampiro), Daniel Malard (Planeta droga), Lanna Kamila (Moça estranha) e Sheila Ribeiro (Cabra cega).
A revista é gratuita e pode ser baixada aqui. Edições anteriores também estão disponíveis.

Múltiplo 8

Está circulando o número 8 do fanzine virtual de quadrinhos Múltiplo, editado por André Carim.
A edição, de junho de 2017, tem 152 páginas e é dedicada ao trabalho das mulheres nos quadrinhos brasileiros, destacando Mariana Cagnin, Gabriela Franco, Thina Curtis e Fabi Menassi, que são entrevistadas. Nas histórias, Gisela Pizzatto do Prado, Alessandra Freitas e Tako X, Carla Acácio, Miho Orihara, Laura Athayde, Cristiane Armezina, Emanuelly Souza, Sara Gaspar e Layanne Teixeira, Gisela Pizzatto do Prado, Maria Rita, Roberta Cirne, Beatriz Linhares, Pamela Marins, Claudiney Dias, Thiago Silva e Mariana Garcia, além de depoimentos de Alessandra Freitas e Danielle Barros. Completam a edição, ilustrações avulsas, artigos, divulgação de fanzines e cartas dos leitores. A capa traz uma ilustração de Mariana Cagnin.
A publicação pode ser lida online ou baixada gratuitamente aqui. Edições anteriores também estão disponíveis. As publicações também podem ser encomendadas em formato impresso.

LiteraLivre

Mais um periódico literário ganha o mundo em 2017: trata-se da Revista LiteraLivre, publicação eletrônica bimestral editada em Jacareí (SP) por Ana Rosenrot.
LiteraLivre tem de tudo um pouco: contos, artigos, divulgação, quadrinhos, resenhas e muita poesia. A ideia é "dar espaço aos escritores e artistas de todos os lugares, amadores ou profissionais, publicados ou não, que desejam divulgar seus escritos e mostrar seu talento de forma independente e livre".
Já foram publicadas 3 edições, cada uma com mais de 100 páginas, que aumentam a cada nova edição. E a revista aceita colaborações, sem qualquer ônus aos autores.
Todos os números já publicados podem ser baixados gratuitamente aqui.

sábado, 10 de junho de 2017

Juvenatrix 185

Está disponível a edição de maio do fanzine eletrônico de horror e ficção científica Juvenatrix, editado por Renato Rosatti.
A edição tem 13 páginas e traz um conto do editor e resenhas aos filmes Demônio, o rei das trevas (Prime evil, 1988); Espíritos do demônio (Evil spirits, 1990), A hora do terror (Witchcraft 7: Judgement hour, 1995), A maldição da casa do diabo (The fall of the house of Usher, 1979)
A maldição de El Diablo (The evil below, 1989), A maldição dos espíritos (Spirits, 1990), A marca do vampiro (Pale blood, 1990), A morada do terror (Grandmother´s house, 1988) e  A morte veste vermelho (I´m dangerous tonight, 1990). Divulgação de fanzines, livros, filmes e bandas independentes de rock extremo complementam a edição. A capa traz uma ilustração de Angelo Junior.
Para obter uma cópia, basta solicitar pelo email renatorosatti@yahoo.com.br.

sábado, 27 de maio de 2017

Fanzine Ilustrado 1 e 2

Nova proposta de André Carim – editor do fanzine Múltiplo. A cada edição, o Fanzine Ilustrado destaca um importante ilustrador brasileiro.
A publicação tem pouquíssimo texto, um mínimo só para contextualizar o artista. O foco são as ilustrações, exibidas no estado da arte, com muito colorido.
A primeira edição, lançada em março, tem 92 páginas ilustrações e pinups do premiado caricaturista carioca Nei Lima.
O segundo número, de abril, tem 81 páginas em homenagem ao quadrinhista Julio Shimamoto, e podemos apreciar com prazer o trabalho do mestre como artista plástico, fora do modelo dos quadrinhos com que estamos habituados.
As edições podem ser baixadas nos links respectivos, e versões impressas estão disponíveis no saite Clube de Autores, aqui.

Conexão Literatura 23

Está circulando o número 23 da revista eletrônica Conexão Literatura, editada por Ademir Pascale pela Fábrica de Ebooks.
A edição tem 54 páginas e destaca o trabalho de Carolina de Jesus (1914-1977) uma das primeiras escritoras brasileiras negras, autora do clássico Quarto de despejo. A publicação traz contos de Mírian Santiago, Helder Félix de Souza Júnior e Amanda Leonardi, crônicas de Rafael Botter e Misa ferreira, resenha de Eudes Cruz ao livro Diário de uma escrava, de Rô Mierling, e entrevistas com Carla Krainer (Júlia), Fathyma Jaguanharo (Cárcere de sonhos), Morais de Carvalho (Todos iguais, poucos diferentes) e Sofia Silva (Sorrisos quebrados).
A revista é gratuita e pode ser baixada aqui. Edições anteriores também estão disponíveis.