terça-feira, 16 de maio de 2017

As aventuras do Longo Bacamarte

Está disponível aqui, para download gratuito, o novo romance escrito por Miguel Carqueija e Melanie Evarino, As aventuras do Longo Bacamarte, uma história de fantasia com piratas.
Diz o texto de apresentação: "Bil, o Longo Bacamarte, é um pirata que se dedica à caça de tesouros. Acompanhado pelo elfo conhecido por Professor Primus, e uma pequena e escolhida tripulação, percorre o mundo em seu brigue Renegado vivendo inúmeras aventuras e tendo a cabeça a prêmio em muitos lugares. Sobretudo Rigolin, o temido detetive internacional com trânsito livre em vários países, ambiciona levar à forca o célebre bucaneiro. Mas Bil não é um pirata comum ou muito menos, despido de sentimentos. Ele carrega em seu coração um triste segredo, o amor de uma mulher a quem ele perdeu num naufrágio em alto mar, quando ambos foram salvos mas levados para locais diferentes e jamais se reencontraram. Abandonando tudo, inclusive sua carreira de advogado, Bil tornou-se um fora-da-lei para poder singrar os mares numa incessante busca do paradeiro de sua amada. Um dia, porém, algo novo surge: Virgínia, a jovem atrevida e de personalidade fortíssima e exímia espadachim que entra para a tripulação do Renegado. Ela se enamora sinceramente por Bil, mas como conquistar o amor de um homem preso a uma ideia fixa? E que poderá acontecer se a desaparecida Rafaela reaparecer?"
O prefácio é assinado por Maria Santino e a edição é dos próprios autores, através da rede social Recanto das Letras.

Prisma Negro

Há algum tempo que a fronteira entre os fanzines e as revistas ficou muito imprecisa. Tanto as editoras ditas comerciais começaram a investir em quadrinhos autorais, na linha antes própria dos fanzines, quanto estes passaram a ser publicados com tal qualidade técnica e gráfica ao ponto de serem confundidos com as produções comercias. Este é o caso de Prisma Negro, revista de quadrinhos de autoria de Andy Corsant, quadrinhista catarinense autor tanto do enredo quanto dos desenhos da edição.
Prisma Negro traz um conto gráfico de fantasia urbana em que três jovens desesperançados são simultaneamente visitados por misteriosos emissários que lhes entregam arquivos de canções digitais de uma banda desconhecida, justamente chamada Prisma Negro, pelas quais os garotos ficam obcecados. As canções, a qual eles se apegam com ardor, conduzirão suas almas torturadas a um significado maior em suas vidas.
Diz o texto na contracapa: "Uma menina precocemente grávida de um rapaz ainda mais jovem e incapaz de assumir a paternidade. Em uma conceituada escola de segundo grau, um aluno é repetente por perseguição de um professor arrogante. O namoro dissolvido faz um garoto rejeitado sofrer pesadas agruras. Vivendo seus dilemas pessoais solitariamente, esses três adolescentes serão unidos por forças obscuras, responsáveis por fazê-los experimentar estranhas distorções na realidade e nos cursos de suas vidas."
A história é sensível e bem contada, os desenhos são competentes e o acabamento da publicação, como já foi dito, é muito bom. A revista, que foi publicada pelo autor em 2017, tem 48 páginas e, além da hq em si, não traz nenhuma informação sobre o autor e a obra. Mas algumas dicas podem ser obtidas no blogue do autor, aqui, onde, aliás, a revista também pode ser adquirida.

QI 144

Está circulando o número 144 do fanzine Quadrinhos Independentes-QI, editado por Edgard Guimarães, dedicado ao estudo dos quadrinhos destacando a produção independente e os fanzines brasileiros.
A edição tem 32 páginas e traz artigo sobre o super-herói brasileiro Escorpião, criado em 1966 por Wilson Fernandes, "Conselhos" do quadrinhista espanhol José Toutain, artigo de Lio Guerra Bercony sobre a revista Oscarito e Grande Otelo, quadrinhos de Luiz Cláudio Lopes Faria e do editor, e as colunas "Mantendo contato", "Fórum" e "Edições independentes" divulgando os lançamentos de fanzines do bimestre. A capa tem uma ilustração do editor, com uma discretíssima aplicação de cor executada manualmente.
Junto à edição, os assinantes recebem Artigos sobre Histórias em Quadrinhos 6: Red Ryder, fascículo de 12 páginas com um estudo de autoria do colecionador português Carlos Gonçalves, com muitas capas de edições raras desses personagem muito popular nos anos 1930, também conhecido como Bronc Peeler.
Os assinantes recebem ainda, de brinde, o número 13 do fanzine Quadritos, editado por Marcos Freitas pela editora Atomic Books, uma edição luxuosa com 64 páginas e capas em cores, que destaca o trabalho de Elmano e traz quadrinhos de Mozart Couto, Julio Shimamoto, Calazans, Lafaiete, Edgar Franco, Guabiras, Paulo Paiva, além de muitos artigos interessantes sobre a Nona Arte.
O QI é distribuído exclusivamente por assinatura, mas sua versão digital estará disponível em breve no saite da editora Marca de Fantasia, aqui. Mais informações com o editor pelo email edgard.faria.guimaraes@gmail.com.

Somnium 113

Ausente por todo o ano de 2016, ressurge a revista eletrônica Somnium, editada por Ricardo Herdy para o Clube dos Leitores de Ficção Científica, inteiramente dedicada a esse gênero especulativo.
A edição tem 111 páginas e traz contos de Ricardo Santos, Santiago Santos, David Machado, Graham Brand, Gerson Lodi-Ribeiro, Frederico de Oliveira Toscano, Fábio Barreto, Carlos Orsi, Gilson Luis Da Cunha, Luiz Bras e Paulo Elache, além de um artigo sobre transhumanismo, assinado por Edgar Indalecio Smaniotto, e uma homenagem ao escritor Max Mallman, falecido em 2016. A capa traz uma ilustração creditada a uma fonte anônima.
Similar ao que aconteceu quando do lançamento da edição 112, em 2015, quando foram disponibilizadas apenas as edições em formatos mobi e epub (o pdf viria meses depois), agora acontece exatamente o oposto: apenas a edição em pdf está disponível, gratuitamente, aqui. Por certo que os outros formatos virão no futuro, o que faz todo o sentido a uma publicação de ficção científica.

Trasgo 14

Está disponível o número 14 da revista eletrônica de ficção fantástica Trasgo, editada por Rodrigo van Kampen, totalmente dedicada à produção nacional.
A edição, que tem 149 páginas em sua versão pdf, traz contos e novelas de ficção científica, fantasia e terror escritos por Thiago Rosa, Paulo Alcaraz, Alaor Rocha, Michel Peres, Simone Saueressig e Felipe Cotias, além de uma galeria com ilustrações de Andressa Aboud, que também assina a capa. Todos os artistas publicados são entrevistados na edição.
Trasgo pode ser lida e baixada aqui, nos formatos epub, mobi e pdf, bastando para isso compartilhar a informação nas redes sociais. Edições anteriores também estão disponíveis.
A revista aceita submissões e os trabalhos publicados são remunerados.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Reino imaginário

Depois de toda uma vida dedicada a sua própria literatura, o prolífico escritor carioca Miguel Carqueija publica a primeira antologia organizada por ele mesmo. Trata-se de Reino imaginário, que reúne 14 contos de autores de diversas partes do Brasil. A proposta é mostrar um painel da literatura  nacional nos gêneros da ficção científica, fantasia e horror. Os textos, que variam entre contos, vinhetas e poemas, são assinados por Cristina Gaspar, Ronald Rahal, Regina Madeira, Francisco Carlos Amado, Cesar Silva, Maria Santino, Irá Rodrigues, Vânia Lopes, Maria Candida Vieira, Alex Raymundo, Jey Lima Valadares, Simone Saueressig, Maria da Penha Boselli e do próprio organizador.
Reino imaginário está disponível na rede social Recanto das Letras, onde o autor mantém uma página com seus inúmeros trabalhos.
O arquivo, em formato pdf, pode ser baixado gratuitamente aqui.

Conexão Literatura 22

Está circulando o número 22 da revista eletrônica Conexão Literatura, editada por Ademir Pascale pela Fábrica de Ebooks.
A edição tem 43 páginas e destaca o trabalho da escritora britânica J. K. Rowling, autora do bestseller Harry Potter. Também podem ser lidas entrevistas com os escritores brasileiros Dione M. S. Rosa (Naga), Wagner Torres de Araújo (Memórias dispersas), Angela Aguiar (Inevitável), Danni Victorino (Diário de Júlia), Angela Maria Drago (Teimosamente romântica), Júlia Lemos (A exposição dos sóis) e Priscila M. Mariano (Inocência perdida). Traz ainda contos de Míriam Santiago e Helder Felix de Sousa Júnior, e crônicas assinadas por Misa Ferreira e Rafael Botter. 
A revista é gratuita e pode ser baixada aqui. Edições anteriores também estão disponíveis.